sexta-feira, 12 de abril de 2013

conchas, búzios, amor, ciúme, nós !

a
ver
o mar
procurar
imaginando
o amor em ti
maré reflectida
na brisa  irisada
desses teus olhos
voluptuosidades tuas
no vácuo dos sentidos
em herméticos segundos
marinheiro, da maré, mar
neurónio arrebatando êxtase
misterioso volver concretizado
cenografia do intemporal amor
trilhos de amares, aurora boreal
sorrisos floridos, perfumando o mar
conchas, búzios, amores, ciúme, nós !
tela: Fernando Francisco,
palavras   :   poetaeusou

16 comentários:

  1. Poeta,

    Olhando o Mar e abraçando sentires...se faz uma pirâmide de palavras envoltas em nobres sentimentos...
    Que bonitos Nazarenos....

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. -
    Filó
    ,
    como é belo,
    olhar o mar,
    espraiando os sentimentos !
    ,
    um mar de luz,
    deixo,
    *

    ResponderEliminar
  3. Post duplo....Belas palavras artisticamente
    escalonadas.....
    Bfs
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. *
    Andradarte
    ,
    como sabes,
    não consigo escalonar letras,
    para responder á tua gentileza,
    assim sendo,
    que a "arte", esteja sempre contigo,
    permite-me o Tu,
    e, vou espraiar-me mais,,
    que o meu Mar,
    plagie a tu arte,
    um abraço, fica,
    *

    ResponderEliminar
  5. Casamento muito feliz entre o quadro e o texto.

    Bisous, meu bem

    ResponderEliminar
  6. uma homenagem à Nazaré

    quase um fado!

    beijos

    ResponderEliminar
  7. Triângulo de versos em forma de concha
    Com olhos de amor virados para o mar
    O mar amando os olhos da tua amada
    história de amor na boca os búzios cantada.

    ResponderEliminar
  8. história de amor na boca dos búzios cantada...rectifico.

    ResponderEliminar
  9. *
    Fa menor
    ,
    Como é Belo estar,
    á sombra do Arvoredo
    tentando descobrir o enredo,
    de um Rio a murmurar !
    ,
    estimas
    ficam,
    *
    ,

    ResponderEliminar
  10. *
    Sol
    ,
    Nazaré é luz e cor
    Nazaré é maresia
    Nazaré é o meu amor
    Cantando até ser Dia
    ,
    coloridas conchinhas,
    ficam,
    *

    ResponderEliminar
  11. *
    Eduardo
    ,
    Mar, Olhar,
    Cantar, Amar !
    ,
    um mar de amizade,
    fica,
    *

    ResponderEliminar
  12. *
    Eduardo
    ,
    Búzios lançados,
    indicando o Norte,
    o ponto da Sorte,
    dos esperançados |
    ,
    abraço,
    *

    ResponderEliminar